Friday, 29 October 2010

"Wicked Lovely - Amores Rebeldes", Melissa Marr


Título Original: Wicked Lovely (2009)
Autor: Melissa Marr
Editora: Saída de Emergência
Nº Páginas: 273
ISBN: 978-989-637-258-3
Género: Literatura Fantástica 

Sinopse: "REGRA # 3: Não olhar para fadas invisíveis.Desde que nasceu, Aislinn sempre viu fadas. Poderosas e perigosas, elas caminham ocultas entre os mortais. Aislinn tenta passar despercebida pois estes seres não gostam de ser descobertos e costumam castigar com crueldade as pessoas que detectam a sua presença.
REGRA # 2: Não falar com fadas invisíveis. Agora as fadas perseguem Aislinn. O rei das fadas Keenan, aterrorizante e sedutor, tenta cativar Aislinn, fazendo perguntas que ela tem medo de responder.
REGRA # 1:Nunca chamar a atenção delas. Agora é tarde demais... Keenan, o Rei do Verão anda numa busca incansável pela sua rainha há nove séculos e está determinado a converter Aislinn na sua rainha a qualquer custo.
Quando as regras secretas que sempre a tinham protegido deixam de funcionar, de repente está tudo em risco: a sua liberdade; o seu melhor amigo, Seth; a sua vida; tudo. Intrigas sobrenaturais, amores mortais, e confrontos entre reis antigos e expectativas modernas cruzam-se no enredo deste espantoso conto de fadas que Melissa Marr imaginou para o século vinte e um."

Opinião: Confesso que a sinopse não despertou o meu interesse. A principal razão pela qual me aproximei do livro foi a capa - a conjugação das cores (o negro com as várias tonalidades de roxo) e imagens dão um aspecto bastante atractivo, chamando à atenção dos amantes de literatura fantástica. Apenas após a leitura do primeiro capítulo num livro de oferta, é que o meu interesse foi despertado  e decidi adquirir a obra.

Achei "Wicked Lovely" uma leitura apaixonante, um livro que deve fazer parte das nossas bibliotecas. Uma das grandes diferenças (uma diferença bastante apreciada), são as fadas que povoam o nosso imaginário.  Em "Wicked Lovely - Amores Rebeldes" as fadas são seres de tamanho humano que caminham entre nós sem serem vistas devido a um feitiço. As personagens envolvidas na história cativam os leitores, assim como as relações que se estabelecem entre si. A personagem principal é Aislinn. Com o Dom da Visão consegue ver as fadas como elas realmente são e não como se mostram aos seres humanos. Keenan, o Rei do Verão, quer torna-la sua rainha para acabar com o reinado da Rainha do Inverno, a vilã, que ao longo dos tempos tem congelado o Mundo ameaçando a vida das fadas do Verão, assim como dos humanos.  Donia, que no passado esteve no lugar de Ash mas não passou o desafio para se tornar Rainha do Verão, tornando assim a Menina do Inverno, está ao lado de Keenan na sua busca pela Rainha do Verão. Não para o ajudar a conquistar a jovem, mas para faze-la desconfiar do Rei (apesar dos sentimentos que ainda nutre por ele).  Mas Aislinn não vai ser fácil de convencer. Ela conhece o Mundo das fadas e não quer fazer parte dele. Além disso encontra-se muito próxima de Seth, o seu melhor amigo, e a personagem que se tornou a minha preferida. Adorável a forma como trata Aislinn. Acho que posso considerar Seth um cavalheiro do século XXI (Claro que se tem que substituir o grande pálacio por carruagens de comboio e as roupas sempre impecáveis por calças rasgadas, entre muito mais).  

Não querendo desvendar toda a história - nem os mais pequenos pormenores - deixo-vos com uma última palavra: Recomendo.  

0 comments:

Post a Comment