Thursday, 3 February 2011

"Vínculo de Sangue", Patricia Briggs

Título Original: Blood Bound (2007)
Autor: Patricia Briggs
Editora: Saída de Emergência
Nº Páginas: 304
ISBN: 978-989-637-300-9
Género: Fantasia Urbana

Sinopse: "Mercy tem amigos em lugares estranhos e sombrios. E agora deve um favor a um desses amigos: o vampiro Stefan precisa das capacidades de metamorfose de Mercy para entregar uma  mensagem a um vampiro recém-chegado à cidade. O que Mercy não sabe é que este novo vampiro tem um segredo: na verdade é um feiticeiro possuído por um demónio prestes a lançar o caos na cidade. Depois de várias tentativas da comunidade paranormal para destruir a criatura, Mercy vê-se envolvida na refrega: embora os seus amigos vampiros e lobisomens sejam mais fortes do que ela, são as suas habilidades especiais que poderão salvar a todos. E quando descobre a verdade sobre essas habilidades, Mercy vai aprender muito sobre o seu passado e os lobisomens que a criaram..."

Opinião: Da última vez que encontramos Mercedes "Mercy" Thompson, esta tinha ajudado a salvar a filha do Alfa - Adam, do bando local,. Durante essa "pequena" aventura, Mercy ficou a dever um favor a Stephan (um vampiro), que finalmente o vai cobrar.

Num telefonema a meio da noite, Stephan pede a Mercy para testemunhar, na sua forma de coiote, o  encontro com um vampiro recém-chegado à cidade. Uma visita que tinha tudo para ser normal acaba por se transformar num banho de sangue, pois o vampiro recém-chegado não é apenas um sugador de sangue. Este vampiro é um feiticeiro cujo corpo foi possuído por um demónio. Apesar de tanto os vampiros, como os lobisomens avisarem Mercy para não se intrometer, a caminhante não é capaz de ficar quieta - não quando as pessoas que lhe são próximas se encontram em perigo -  e embarca numa nova e deliciosa aventura.

"Vínculo de Sangue" é uma excelente continuação de "O Apelo da Lua". Conseguiu superar todas as minhas expectativas - estas haviam sido colocadas numa fasquia muito elevada. Briggs não desiludiu e oferece-nos um livro ainda mais recheado de mistério, de suspense e, claro, acção.  

Gosto do modo como a escritora retrata as personagens - mais exactamente os seres do mundo fantástico. Estes seres são apresentados com defeitos (vampiros assustadores e imprevisíveis; lobisomens vinculados às regras da hierarquia e com preconceitos antiquados - se Mercy fosse uma mulher-lobo e não uma caminhante, já havia sido iniciada uma revolta  até as fêmeas terem os mesmos direitos que os machos - seres feéricos em quem não se deve confiar) e mesmo assim apaixonamo-nos por eles. 

Neste livro, Mercy continua a ser uma mulher que apesar da sua coragem e ousadia mostra o seu lado mais frágil e reconhece as suas limitações. Mesmo com as suas capacidades metamórficas, Mercy parece bastante real. É fácil estabelecer uma ligação com uma personagem como esta mecânica.       

Tal como no primeiro livro, o romance voltou a ser deixado em segundo plano -  e mais uma vez digo que o livro não peca por isso. Mercy continua a questionar-se sobre os seus sentimentos em relação a Adam e a Samuel - que "lutam" para ganhar o seu afecto. E para se mistuar à confusão deste triângulo, surge um terceiro elemento - o qual não vou revelar. Enquanto Mercy se questiona sobre os seus sentimentos, eu questiono-me sobre quem irá ganhar o seu coração.   

O terceiro livro da saga tem por título "Beijo de Ferro". Após lobisomens e vampiros, este título sugestivo só nos pode levar a conhecer com maior detalhe os seres feéricos. Faço figas para que o terceiro livro seja publicado na Primavera, pois Mercy tornou-se, sem dúvida alguma, uma das minhas protagonistas preferidas de sempre.

1 comment:

  1. Fico feliz que tenhas gostado Thannya :)
    Esta é sem dúvida uma protagonista que veio para ficar e também estou super curiosa pelas surpresas que o próximo livro nos irá revelar XD

    Beijinhos*

    ReplyDelete