Tuesday, 31 May 2011

Aquisições de Maio

Ora aqui estão os livrinhos que chegaram à minha estante este mês:



- "União", Ally Condie [Opinião];
- "A Luz do Fogo", Sophie Jordan;
- "Beijo do Ferro", Patricia Briggs [Opinião];
- "Louca Por Compras No Estrangeiro" e "Louca Por Compras Dá o Nó" de Sophie Kinsella.

Este não foi um mês de grandes loucuras - os livros de Sophie Kinsella foram uma verdadeira pechincha. Devo confessar que estou muito contente pois pela primeira vez conseguir ler todas as aquisições de um mês. 

Monday, 23 May 2011

"União", Ally Condie

Consegues escolher entre a Perfeição e a Paixão?

Título Original: Matched (2010)
Autor: Ally Condie
Editora: Edições Gailivro
Colecção: 1001 Mundos
Nº Páginas: 293
ISBN: 978-989-557-784-2
Género: Ficção Científica

Sinopse: "Cassia sempre confiou nas escolhas dos Funcionários. É um pequeno preço a pagar por uma vida longa, um emprego perfeito, um companheiro ideal. Quando o seu melhor amigo aparece no ecrã da União, Cassia tem a certeza absoluta de que ele é o certo - até ao momento em que vê um outro rosto aparecer no ecrã, por breves instantes, antes de este ficar negro. Agora Cassia vê-se confrontada com escolhas impossíveis: entre Xander e Ky, entre a única vida que conhece e um caminho que nunca ninguém ousou seguir - entre a perfeição e a paixão."

Opinião:  Não posso dizer que este género literário, Ficção Científica, seja um dos meus preferidos (tão raramente o leio, que apenas um livro deste género faz parte da minha lista).  Contudo este livro despertou o meu interesse para as distopias que só encontramos neste género.

As principais razãos pela quais fui atraida por este livro foram a capa - apaixonei-me pela sua simplicidade - e o book trailer [Aqui]. Depois de ler a sinopse decidi dar uma oportunidade.  E foi uma oportunidade bem dada, pois  "União" de Ally Condie foi uma surpresa inesperada.

Desde sempre, Cassia Reyes confiou nas escolhas da Sociedade. Os Funcionários escolhem o seu emprego ideal - através dos muitos testes de triagem -, escolhem o seu companheiro perfeito - atráves das característica genéticas e da personalidade. Até ao dia em que vê o rosto de Ky na microficha, que lhe foi atribuida no Banquete de União, por breves segundos em vez do de Xander - o seu melhor amigo, a sua União perfeita. A partir desse momento, a Sociedade superficialmente perfeita é posta em causa por Cassia, acabando por descobrir que a perfeição tão aclamada pelos Funcionários encontra-se longe de ser verdadeira.   

Ao longo do livro Cassia evolui: a sua maneira de pensar torna-se mais profunda e compreende finalmente que a Sociedade na qual cresceu, não é o que julgava. Esta mudança de Cassia encontra-se relacionada com Ky -   de todas as personagens Ky foi a minha preferida; tão enigmático - que a expõe ao seu Mundo, tão diferente do dela.
Como escrevi anteriormente, não leio assiduamente livros deste género,  logo não posso criticar a falta de originalidade da escritora, nem escrever sobre o suposto plágio, como tem vindo a ser apontado noutras opiniões.  

Ally Condie já conquistou mais uma fã e fico à espera do próximo livro da escritora que será publicado na versão original no primerio dia de Novembro deste ano - mal posso esperar pela continuação, pois algumas perguntas ficaram à espera de resposta.

Monday, 9 May 2011

"Beijo do Ferro", Patricia Briggs


Título Original: Iron Kissed (2008)
Autor: Patricia Briggs
Editora: Saída de Emergência
Nº Páginas: 261
ISBN: 978-989-637-334-4
Género: Fantasia Urbana

Sinopse: "Mercy Thompson é mecânica de automóveis e uma rapariga tão bela quanto independente. O seu segredo? Consegue mudar de forma. A sua perdição? Não consegue mudar de lealdade. Como tal, quando o seu antigo mentor é preso por assassínio e deixado a apodrecer atrás das grades pela sua própria espécie, Mercy está disposta a arriscar a vida numa missão solitária para limpar o nome dele. Mas a sua lealdade também vai ser testada de outros lados: os lobisomens não são conhecidos pela sua paciência e, se Mercy não se decide entre os dois de quem gosta, Sam e Adam podem fazer a escolha por ela... Com enredos tortuosos, personagens inesquecíveis e uma escrita dinâmica, Patricia Briggs eleva a fantasia urbana a novos patamares de qualidade."

Opinião: "Beijo do Ferro" é o terceiro livro da série Mercy Thompson e tal como os anteriormente publicados não desilude. Quando o comecei a ler não o consegui largar. Patricia Briggs é mestre em misturar acção e emoção para escrever uma história perfeita, deixando-nos sempre a desejar mais, muito mais.

Desde que Mac entrou na sua oficina em "O Apelo da Lua" [Opinião], Mercy parece não conseguir ficar fora de sarilhos. Primeiro foram os vampiros a cobrar a sua dívida ("Vínculo de Sangue" [Opinião]), obrigando Mercy a confrontar um vampiro possuido por um poderoso demónio e a assassinar quem o havia convertido num ser dessa raça.  Agora é a vez dos seres féericos cobrarem a sua dívida e Mercy não pode recusar - não após  ter usado a "oferta" de Zee mais do que uma vez.  

Acompanhada por Zee - seu mentor e amigo - Mercy é levada à reserva dos seres féericos para tentar ajudar a encontrar o culpado pelos homicídios destas criaturas mágicas  ocorridos nos últimos tempos. O que devia ser uma tarefa simples acaba num total desastre, quando a metamorfa vê mais do que deve do Mundo féerico, acabando perigosamente envolvida com os Senhores Cinzentos (fadas poderosas e responsáveis pelos seres féericos e os seus "destinos") e Zee é preso injustamente pelas autoridades humanas. Mercy acaba por se encontrar sozinha a lutar para provar a inocência de Zee.

"Beijo do Ferro" apesar de focado nas criaturas féericas - Briggs finalmente apresenta mais detalhadamente o Mundo destes seres a quem não se pode agradecer nem confiar - não deixa de ter os lobisomens como parte central, devido à ligação de Mercy com eles desde criança.

Tal como nos livros anteriores, Mercy mantem-se aquela personagem pela qual nos apaixonamos: valente e arrojada, mas sem perder a consciência das suas limitações e fraquezas - por vezes nem se apercebe de que não é assim tão limitada, é mais forte do que pensa. Se não fosse já gostar tanto desta personagem - quem é que não gosta de Mercy Thompson? - este livro tinha-me conseguido converter. Porquê? Bem, não posso, nem quero, deixar "spoilers" nesta crítica. É melhor descobrirem por vocês mesmos.  

Em comparação às últimas entregas da escritora, o triângulo amoroso entre Samuel, Mercy e Adam tem um pouco mais de destaque (não fosse neste livro que Mercy fará a sua escolha para que Adam e Samuel não se envolvam numa luta até à morte) e saiu do segundo plano para fazer frente ao desenrolar da arriscada e mortal busca de Mercy pela verdade. Mais uma vez, para não cair na tentação de escrever algum "spoiler" apenas irei referir que Briggs escreveu maravilhosamente bem o desfecho deste triângulo amoroso -  e foi um desfecho algo surpreendente. Agora Mercy terá de aceitar a sua escolha e lutar com um dos seus maiores medos: ser controlada.     

Concluída a leitura, cheia de antecipação e expectativa fico à espera de "Cruz de Ossos" - e a cruzar os dedos para que seja publicado no final deste ano, mas caso não seja não me poderei queixar, pois a editora "Saída de Emergência" tem publicado os volumes desta saga de Fantasia Urbana com bastante frequência (por esta, e outras razões, é uma das minhas editoras preferidas).